Países onde é crime ser LGBT

Atualizado: Out 21

Estamos no século 21 e em muitos lugares do mundo ainda é crime ser LGBT inclusive em alguns países aqui da América.


Essa é a lista que eu não gostei de fazer e quero atualizar até não precisar mais existir uma lista como essa, mas é importante as pessoas terem conhecimento sobre isso, tanto as que são LGBTQIA+ tanto as que não são, já caminhamos muito, mas a luta ainda está longe do fim.


Além de ser crime são passíveis a condenação


Jamaica


Esse aqui eu fiquei muito chocada, pois sempre achei que isso estava longe do nosso continente, mas na América há 6 países na lista. Na Jamaica ser LGBTQIA+ é crime de Sodomia e você pode pegar até 10 anos de prisão, somente relação entre mulheres não é crime. Ele já foi conhecido como um dos países mais violentos para LGBTQIA+ pois tem altos índices de crime violentos contra a comunidade.


Serra Leoa


Relação entre mulheres é legal, mas de a homens não, e a pessoa pode pegar prisão perpétua por crime de Sodomia e Bestialidade com trabalhos forçados, é raramente ser aplicada, mas ainda existe e em alguns caso é aplicada.


Argélia


As condenações na Argélia são pelo crime de homossexualidade e você pode pegar de 2 meses até 2 anos de detenção e com multa de 500 a 2000 dinares argelinos por ultraje a decência.



Antigua e Barbuda


A pessoa pode ser condenada até 15 anos de prisão, a lei não é aplicada, mas ainda existe!


Barbados


Você pode ser condenado a prisão perpétua se fizer atos homossexuais a lei está em revisão, mas ainda é o que está valendo, triste, vou torcer para sair da lista em breve.


Dominica


Se você for pego em ato homossexual pode pegar 10 anos de prisão ou reclusão em instituição psiquiátrica.


Líbia


Na Líbia todo ato sexual fora do casamento é penalizado e casamentos LGBTs obviamente não são permitidos, então se for comprovado o ato pode ser multado ou pode ter 5 anos de reclusão.


Grenada


Nesse país a pena pode ser chegar a 10 anos de prisão, mas somente para os homens, mulheres não sem encaixam no "crime não natural" que é para penetração anal.


São Cristóvão e Nevis


Em São Cristovão e Nevis "atos homossexuais" se enquadram na Lei de Ofensa contra a pessoa e a penalidade pode chegar até 10 anos de prisão com ou sem trabalhos forçados. O governo diz que apesar da lei não há registro de processos que se enquadrem nisso, mas LGBTs não são bem vindos no país.


Guiana


Aqui do nosso ladinho na América do Sul a Guiana tem pena de prisão perpétua prevista em lei contra sexo anal e oral embora não seja aplicada, existe! Não é ilegal entre mulheres.


Marrocos


Em Marrocos atos obscenos ou não naturais (assim são chamados pessoas LGBT se estiverem se beijando) são passíveis de detenção de 6 a 3 anos e você pode ser preso por suspeita de ser LGBT e sua identidade é revelada, mesmo sendo apenas suspeito.


Gâmbia


Nesse país relações entre pessoas do mesmo sexo é ilegal e se enquadra em crime de Ofensas não naturais e as penas podem ser de até 7 anos caso haja condenação.


Gana


A maior parte da população desse país é contra LGBTQIA+, lá além de não ter nenhum direito para proteção, ainda pode ser realizados "tratamentos" de conversão, há uma lei que pode punir com detenção de 3 anos pessoas que se enquadram de como não natural.


Guiné


Nesse país a lei é sobre atos indecentes que dá punição de 3 a 6 meses de prisão, pois considera atacar a moral, isso qualquer manifestação.


Libéria


Na Libéria você pode levar uma multa e/ou detenção de até um ano caso seja condenado pelo crime de Sodomia.


Senegal


Em Senegal atos sexuais entre pessoas do mesmo sexo podem ser punidos de acordo com a lei com pena de até 5 anos de prisão e se for menor de 21 anos sempre será aplicado o máximo de prisão.


Togo


Além de multa a pessoa que for condenada por ato sexual com pessoa dos mesmo sexo pode pegar de 1 a 3 anos de prisão.


Camarões


No país a pena pode ser de 6 meses a 5 anos e o governo pode exigir exame para saber se houve relação sexual anal entre homens, troca de mensagem com contexto sexual entre pessoas do mesmo sexo também é crime é de até dois anos de prisão e multa.


Burundi


Burundi tem uma lei desde 2009 que penaliza atos sexuais entre pessoas do mesmo sexo e a condenação, pode ser de 3 meses a 5 anos de prisão, se a pessoa tiver menos de 21 anos a pena máxima é aplicada.


Comores


Atos homossexuais podem ser condenados até 5 anos de prisão e multa.


Santa Lúcia


Em Santa Lúcia LGBT são criminalizados como ato de indecência grosseira que pode chegar até 10 anos de prisão.


Eritreia


Atos sexuais ou qualquer ato que pode ser enquadrado como indecência pode ser punido de 10 dias a 3 anos de prisão.


Etiópia


Na Etiópia a pena pode ser reclusão de até 15 anos.


Turcomenistão


Atos considerados homossexuais no Turcomenistão podem ser punidos com até 2 anos de prisão.


Uzbequistão


As penas nesse país são a partir de 3 anos para crimes de Sodomia, é ilegal apenas relação entre dois homens.


Líbano


No Líbano é ilegal e apena pode ser de 1 ano a mais de prisão, mas é um país que há crescente campanha para legalizar a homossexualidade.


Omã Ilegal


No Omã a pessoa pode ser condenada até 3 anos de prisão, os casos só chegam ao tribunal se houver escândalo publico.


Palestina (Faixa de Gaza)


Homossexualidade masculina é ilegal e pode aplicar punição de até 10 anos de prisão


Qatar Ilegal


A lei de 2004 no Qatar prevê punições para relações homossexuais de até 7 anos de prisão


Kuwait


O país tem um lei contra libertinagem e é comum LGBTs serem processados pelo governo, o país estuda implementar leis que proíbem estrangeiros LGBT de entrar no país.


Butão


Butão a pena pode ser de até 1 ano de prisão no entanto não é aplicada e até está sendo revista pelo parlamento.


Paquistão


No Paquistão relações homossexuais são ilegais, mas eles tem leis contra discriminação de gênero, direito de mudar de gênero e até reconhecem por lei terceiro gênero.


Malásia


A pena podem chegar a 20 anos e também com castigos corporais, além de ser proibido qualquer pessoa LGBT aparecer na televisão e há outros tipos de censura por parte do governo e extrema violência no país.


Myanmar


Sexo entre pessoas do mesmo sexo mesmo consensual e particular pode ser punido com até 10 anos de prisão, o país é muito violento principalmente para pessoas trans e travestis, que podem sofre assédio da polícia.


Egito


O Egito é mais velado, embora não seja proibido por lei, muitos LGBTs sofrem com perseguição e são enquadrados por uma lei de combate a prostituição, então se eles acharem imoral seus atos você podem te enquadrar nisso, além de torturas e espancamento serem tolerados! E não para por aí, 95% dos egípcios acreditam que a homossexualidade não deve ser aceita pelo país, então esse é um dos lugares que estão longe de mudar.


Tonga


O Tonga puni relações sexuais anais entre homens e o governo pode exigir exame de suspeitos e o tribunal decide se a pessoa vai ser condenado a chicotadas ou prisão que podem chegar a 10 anos de reclusão.


Sudão do Sul


No Sudão do Sul é bem comum pessoas LGBT serem processadas pelo governo, sexo entre pessoas do mesmo sexo pode ser punidos com até 10 anos de prisão.


Tunísia


É crime ato sexuais entre pessoas do mesmo sexo, mas o governo pode aplicar a lei de Sodomia com base na aparência das pessoas e isso pode ser punido com até 10 anos de prisão.


Tanzânia


Na Tanzânia mesmo atos privados podem ser passíveis de condenação a prisão que podem chegar a ser pérpetua.


Zâmbia


A pena na Zâmbia para os culpados por ato sexuais homossexual pode chegar a 15 anos, não só atos sexuais são punidos qualquer toque ou beijo seja publico ou privado pode ser interpretado com indecência e pode ser criminalizado também com pena de até 5 anos de prisão.


Zimbabwe


No Zimbabwe a pena pode ser de até 10 anos, mas só pude relação entre homens, 50% dos homens gay já disseram ter sido agredidos no país e mais de 64% foram expulsos de suas casas.


Coreia do Norte


Não há leis específicas para isso, mas os LGBTs podem ser punido como lei contra a decência.


Sudão


O Sudão retirou a pena de morte para LGBT em julho de 2020, mas ainda pune sodomia com até 5 anos de prisão ou chicotadas.


Irã

Qualquer ato sexual é punido no país e se for entre pessoas do mesmo sexo a pena pode chegar a execução.


Arábia Saudita


Qualquer ato entre pessoas do mesmo sexo é visto como imoral e indecente e a lei do país pune com execução, prisão, multas, castigo corporal, flagelação e chicotadas.


Mauritânia


Nesse país homens que tenham relação com outros homens podem ser apedrejados até a morte e mulheres podem ser presas com pena de 2 meses a 3 anos, isso é está previsto pela lei!


Nigéria


Há alguns lugares da Nigéria que relações entre mulheres não são ilegais, mas nas regiões de Chiaria, sim. Relação entre homens é crime em qualquer parte do país que podem ser condenados a pena de morte, para mulheres a pena podem ser de até 50 chicotadas e 6 anos de prisão.


Emirados Árabes Unidos


Nos emirados de Dubai , Abu Dhabi , Ras al-Khaimah , Umm Al Quwain , Ajman , Fujairah e Sharjah , que juntos formam os Emirados Árabes Unidos travestir-se e atos homossexuais mesmo que privados são crime e podem ser punidos com prisão, pena de morte, açoite, deportação e multas.


Iêmen


No Iêmen relações entre homens mesmo que privadas e consensuais podem ser punidas com 100 chibatas, se o caso for de adultério com pessoa do mesmo sexo devem ser condenados a morte.


Afeganistão Ilegal


Qualquer relação sexual no país fora de um casamento islâmico é ilegal e deve ser punido com a punição máxima que é a morte. LGBTQIA+ são forçados a manterem sua orientação e gênero em segredo por medo de assédio, perseguição e morte.


Charia


O país pune com pena de morte quaisquer cidadãos que tenham relações sexuais com alguém do mesmo sexo.


Somália


Na Somália qualquer ato sexual entre pessoas do mesmo sexo podem ser punidas com pena de morte, pessoas LGBTs podem ser processadas pelo governo.


Uganda


Todos os atos homossexuais são ilegais e a penalidade varia de multa a pena de morte, essa proibição constitucional foi implementada no país desde 2005.


Brunei


Em Brunei sexo entre dois homens é punido desde a chicotadas e pode chegar a pena de morte, já sexo entre mulheres com espancamento e prisão e essas barbaridades prevista em lei.


Abaixo está a lista de países onde é ilegal ser LGBTQIA+, mas não há punições criminais


Bahrein


Síria


Bangladesh


Maldivas


Sri Lanka


Cingapura


Fiji


Papua Nova Guiné


Ilhas Salomão


Kiribati


Nauru


Palau


Ilhas Cook(parte do território da Nova Zelândia)


Samoa


Tuvalu


Saara Ocidental


Djibouti


Quênia


Malawi


Namíbia


Suazilândia


São 75 países listados acima onde ainda é ilegal ser LGBT e não estou contando países como a Rússia que apesar de ser legalizado tem campos de concentração para LGBT com trabalhos forçados e castigos corporais.


É necessário falar sobre isso, não podemos aceitar LGBTfobia e não podemos nos calar para isso.


Se no Brasil que não é mais crime ser LGBT desde 1830 e ainda vemos muitos casos de espancamentos, estupros, ofensas imagina como é a situação de pessoas em países como o Sudão que tirou a pena de morte como punição para LGBT em 2020 ou ainda nos 11 países que ainda existe pena de morte?


Estamos coletando informações aqui no blog de como pedir asilo e casas de acolhimento ao LGBTQIA+ no mundo, caso você tenha informações e possa compartilhar nos escreva pra gente.


Nos acompanhe nas redes sociais instagram e facebook. Fique por dentro das novidades!

Buscador de produtos

Podutos 

Marcas

  • S

  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon
  • White YouTube Icon
  • (11)973632807

  • São Paulo -Brasil

Minha Amiga Me Disse  tem direitos reservado e é proibida a reprodução do conteúdo