Tipos de Strap-on

Atualizado: Set 9

Há diversos modelos de Strap-on (mais conhecida como cinta ou cintaralho para os mais íntimos), modelos para homens, para mulheres, para dupla penetração, para pegging e o que mais você conseguir fazer com essa cinta.

Abaixo vamos listas alguns modelos, seus prós e contras para te ajudar escolher o melhor para você.


Sobre os materiais das cintas


Quem me conhece minimamente sabe que eu não indicaria o couro, primeiro porque é muito caro, não curto o cheiro e não sei se é o melhor contato com a vulva no termo de conforto e mais do que isso porque não é ecológico.


Corra também das tiras de Polipropileno baratas, aquele material de alça de mochila, ele é super desconfortável e machuca conforme movimento, se ele ainda for dos modelos que pegam só na perna eu relevo, mas se for do tipo calcinha sem chance, você consegue identificar passando a mão mesmo, se for muito áspera terá um contato péssimo com a pele inclusive nas laterais onde for ajustável, pois ela tem que ficar um pouco mais firme para a cinta não ficar caindo, tem um modelo que mesmo alça sendo desse material ela é revestida de uma "almofada", fica confortável de ser usada apertada.


Encaixe de próteses e vibradores


Parte muito importante para decisão da compra cinta é o encaixe das próteses, pois o encaixe irá limitar o uso de diferentes brinquedos, o melhor é comprar encaixes que te possibilitem trocar as próteses e vibradores, caso o contrário terá que comprar várias cintas para os vários vibradores que você tiver ou quiser ter, já que depois que começa usar vai querer com certeza experimentar outros.



O encaixe feito em metal é o mais resistente, ele vai durar pra sempre sem a necessidade de troca, não vai deformar, mas vai te limitar os tamanhos de vibrador a serem usados, os brinquedos terão que ser com o diâmentro próximo ao de abertura, maior não vai caber, menor vai sair durante a relação.



Já o de silicone não vai durar para sempre, mas vai permitir usar modelos e formas variados de vibradores, ele tem uma boa elasticidade para encaixe e resistência, um dia você vai precisar trocar, não vai ter fácil encontrar então compre junto com a cinta no lugar que você encontrou alguns extras para garantir, algumas marcas e modelos mandam mais de um, mas caso não mande vale a pena comprar.



Dependendo do modelo de cinta ela não vai ter um encaixe específico e sim uma abertura no tecido ou no couro com uma costura em volta, assim como a de metal ele te restringe os tamanhos de próteses a serem usadas também, não tente encaixar um vibrador tão maior que o espaço você vai rasgar ou desgastar o tecido de depois disso nem um produto ficará preso com firmeza.

Há também próteses que se encaixam, elas são bem mais difíceis de encontrar, a base dela terá abertura para encaixe das cintas, algumas serão ocas outras com vibradores, o modelo da foto é uma capar, pense bem se é essa cinta mesmo que você irá querer, se um dia quiser mudar o dildo vai ter dificuldade de encontrar ou será um preço bem salgado, visto que a maior parte do produto é o acessório o restante são só fitas mesmo.








Tipos de cintas



Essa cinta é uma das mais comuns e tem um modelo estilo calcinha, ela tem ajuste na lateral e a parte debaixo é do mesmo tecido da alça, esse é o problema, por mais que você use durante pouco tempo ela pode ser um pouco desconfortável, a cinta na lateral vem curta e às vezes são necessárias algumas adaptações para que caiba em quem tem o quadril mais largo, mas é o modelo mais fácil de achar em qualquer sex shop.




Seguindo o estilo calcinha, esse modelo é para pessoas mais ousadas que querem fazer dupla penetração, esse tipo de encaixe é mais difícil, umas das próteses precisará ser mais longa, senão não vai dar muito certo a experiência.






Essa cinta já é do modelo que acho mais confortável, pois a amarração dela vai à perna, dá um pouco de atrito também, mas é muito menos do que a do modelo acima, esse é um modelo que já vem com a prótese, essa serve tanto para mulheres quanto para homens, os modelos de próteses ocas permite colocar o pênis dentro da prótese, e se você se pergunta para que um homem usa isso abra sua cabeça, o mundo do sex shop é para todas as idades e todas as condições físicas 😉



Esse é um modelo estilo cueca, ele é um dos modelos mais confortáveis, por ser todo feito de tecido, um dos menos bonitos também, há a limitação das próteses que podem ser colocada nela, mas se você não é muito de ousar nos tamanhos e modelos dos vibradores não será um problema pra você, vale a pena investir em uma cueca boa senão ela vai ficar caindo, geralmente ela é vendida por tamanho, não tem ajuste, então compre um tamanho mais justo no corpo.



Essa cinta é para pessoa que será penetrada ficar mais ativa, enquanto a outra pessoa só admira, ou se masturba, ou quando muitas pessoas estão participando, ficam muitas mãos sobrando que pode se estimular na hora, enfim é para o que sua imaginação permitir, muitas pessoas quando veem esse modelo não sabe muito bem como usar, há outras formas também, mas serve para um post de conto erótico rs.




Só falamos dos modelos para estimulação da outra pessoa, a mulher fica ativa. Os que vou mostrar agora são modelos que permitem estimulação simultânea aproveitando o movimento, dá uma fluidez melhor no sexo, já que as duas pessoas estão sentindo.



A foto do lado mostra uma strap-on para estimulação dupla da mulher que está ativa, mas as próteses de dentro assim como as de fora, podem ser usadas juntas ou não, trocadas, todas as próteses são removíveis, então vibratórias, giratórias e o que mais você quiser usar, elas tem vários ajustes ao longo da cinta para que tudo se encaixe no lugar certo, não é o modelo mais confortável, mas em dúvida é o mais ousado e funcional, pelo tantos de variações que pode ser feitas nessa cinta


Strapleess, Strap-on sem elástico ou sem cinta, esse modelo é um modelo de vibrador na verdade, mas é conhecido como um modelo de cinta no mercado, o modelo da foto tem 3 pontos de vibração, que ficam na vagina e no clitóris de quem está ativa e na vagina ou ânus da pessoa penetrada, esse modelo é muito legal, pois dá para ser usado como vibrador interno e clitoriano ou estimulação na mão mesmo.




O único problema dessa cinta é que limita um pouco as posições, ela é um pouco pesada por conta do tamanho e números de vibradores, as melhores posições é quando a pessoa que está usando fica sentada ou deitada e a outra pessoa assume papel de dominação e controle dos movimentos, ou usar um modelo de cueca para encaixar o vibrador, a imagem ao lado é para mostrar o uso do vibrador que está encaixado na vagina.



Também tem modelos para homens, eles podem ser usados para dupla penetração, ou para penetrar duas pessoas de uma vez, os desenhos são diferenciados para que não machuque o pênis e também possa utilizá-lo para brincadeira, ou não no caso das capas citadas acima para colocar o pênis dentro no caso de quem não tem ereção, não tem ereção completa ou precisa de mais tempo de fôlego sem acabar com a brincadeira.


Nos acompanhe nas redes sociais instagram e facebook. Fique por dentro das novidades!

Buscador de produtos

Podutos 

Marcas

  • S

  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon
  • White YouTube Icon
  • (11)973632807

  • São Paulo -Brasil

Minha Amiga Me Disse  tem direitos reservado e é proibida a reprodução do conteúdo