Viagra feminino?

Atualizado: Set 9

Há muita procura de produtos para aumento do desejo sexual da mulher. Ele existe? É vendido em sex shop? Funciona igual o masculino?

O "Viagra Feminino" existe sim, e é mais de um, eles já foram aprovados pela FDA (Food and Drug Administration) e está sendo vendido sob prescrição médica desde 2019.


Apesar de ser chamado popularmente de "viagra feminino", eles agem de forma diferente do viagra masculino, esse atua no sistema vascular e aumenta o fluxo sanguíneo no corpo todo, inclusive no pênis ele deve ser ingerido apenas quando deseja ter a ereção. Já os femininos de nome Addy e Vileesy são diferentes em sua forma de atuar no organismo, entenda.


O Addy é uma pílula rosa que diz tratar o TDSH (Transtorno do Desejo Sexual Hipoativo), isso porquê acredita-se que a falta de libido seja causada por desequilíbrio de químicas no cérebro, então falta aquela chave para se desligar do cotidiano, então ela tem pouca ou nenhuma ativação do cerebral quando estimulada sexualmente. Esse medicamento era um medicamento para tratar depressão, mas eles notaram que as pacientes ao participarem da pesquisa, começaram a ter um aumento do desejo sexual e então eles começaram uma nova pesquisa voltada para desejo feminino.


Essas pílulas devem ser tomadas todos os dias antes de dormir e segundo o fabricante você pode começar a sentir o efeito após 8 semanas de uso. E quem pode tomar esse medicamento?


A média de idade das pacientes é de 36 anos. E você não deve tomar esse medicamento se apresentar problema no fígado e deve ser consumido apenas com indicação médica que deve levar em conta todo seu histórico de saúde e de medicamentos de uso contínuo.


Até ser aprovado pelo FDA foi uma longa jornada, isso porque esse medicamento baixa eficácia comprovada e uma lista longa de efeitos colaterais, são eles:

  • A sonolência

  • A pressão arterial baixa e desmaio

  • Tontura

  • Dificuldade em adormecer ou em adormecer

  • Náusea

  • Boca seca

  • Cansaço


O Vileesy também é recomendado para tratar o TDSH e diferente do anterior é um auto-injetável que deve ser usado 45 minutos antes de quando desejar ter relação sexual e não pode ser usado mais de 8 por mês.


O que os dois se assemelham é a longa lista de efeitos colateiras e alguns graves (como o próprio site do fabricnate diz):


  • Aumento temporário da pressão arterial e diminuição da frequência cardíaca

  • Escurecimento da pele em certas partes do corpo (hiperpigmentação focal), incluindo rosto, gengivas (gengiva) e mama .

  • Náusea.

  • Rubor

  • Reações no local da injeção

  • Dor de cabeça

  • Vômito

  • Tosse

  • Fadiga

  • Rubor

  • Formigamento

  • Tontura

  • Congestão nasal

Ele não pode ser usado por mulheres com pressão alta que não é controlada (hipertensão não controlada) ou doença cardíaca (cardiovascular) conhecida.


Ambos os produtos não devem ser usados para o tratamento de HSDD em mulheres que passaram pela menopausa ou em homens, não deve ser usado para melhorar o desempenho sexual.


Após ler todos esses efeitos colaterais você ainda tiver interesse em adquirir um desses saibam que esses produtos NÃO SÃO legais no Brasil e são produtos farmacêuticos que só devem comprar com indicação médica. Muitas pessoas acham que produtos como esses podem ser encontrados em Sex Shop o que não é verdade, lá você encontra vasodilatadores locais e até alguns produtos que são para tomar, mas somente para dar disposição física, ok?


Caso se sinta incomoda com sua libido, procure um sexólogo!


Nos acompanhe nas redes sociais instagram e facebook. Fique por dentro das novidades!


As informações de uso, efeitos colaterais e contra indicações foram retiradas do site dos respectivos fabricantes dos medicamentos citados acima.

Buscador de produtos

Podutos 

Marcas

  • S

  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon
  • White YouTube Icon
  • (11)973632807

  • São Paulo -Brasil

Minha Amiga Me Disse  tem direitos reservado e é proibida a reprodução do conteúdo